X

EI, NÃO VÁ
EMBORA AINDA!

Entre em contato e receba uma consultoria especializada de nossa equipe. Você pode solicitar uma simulação sem compromisso e esclarescer todas as suas dúvidas!

ENTRAR EM CONTATO Agradecemos a visita!
04/06/2021 12h51 - Atualizado em 22/07/2021 14h30

Entenda o conceito de TI verde

Já faz algum tempo que o tema sustentabilidade está na ordem do dia. Seja na mídia tradicional ou nas redes sociais, o debate tem ganhado força. Organizações da sociedade civil e especialistas chamam a atenção para a necessidade de uma mudança brusca de hábitos de consumo e comportamento. Caso o contrário, nossa própria sobrevivência no planeta estaria ameaçada.

E não estamos falando mais das gerações futuras. As consequências mais diretas relacionadas às mudanças climáticas e a escassez de recursos naturais já podem ser sentidas no presente, com a perspectiva de agravamento desse cenário de crise para os próximos anos.

Em meio a esse debate em torno da necessidade de adoção de práticas sustentáveis, recai uma responsabilidade especial sobre o mundo corporativo. Afinal, espera-se que o setor produtivo ocupe a vanguarda na proposição de soluções e mudanças de paradigmas. Para além disso, a própria legislação de países do mundo todo já exige que as empresas estruturem suas operações visando a promoção de práticas sustentáveis.

Com isso, podemos dizer que é indispensável que as organizações estejam prontas para se adequarem aos novos tempos. Para quem deseja saber como estruturar essas mudanças de forma prática, preparamos este artigo que é uma espécie de guia para negócios na área de tecnologia que desejam tornar sua operação mais sustentável. Continue a leitura e saiba mais.

TI verde: sustentabilidade no segmento de tecnologia

O movimento TI Verde ou Green IT reúne um conjunto de estratégias com o objetivo de otimizar o uso dos recursos nos processos de trabalho desse setor. A intenção é minimizar os danos ambientes e otimizar os recursos empregados no uso de algumas tecnologias.

Especialistas definem o termo como: “Um conjunto de práticas que são adotadas pela TI de uma empresa, auxiliando e suportando estratégias verdes, isto é, de responsabilidade socioambiental”.

Para além das questões citadas relacionadas a responsabilidade socioambiental, o TI verde também pode ajudar o seu negócio a medida em que existe a redução de custos em diversos setores. Afinal, softwares, equipamentos e, até mesmo, energia passarão a ser empregados com maior eficiência.

Segundo alguns levantamentos, os dispositivos e projetos viabilizados pela área de TI, como redes e edifícios inteligentes, responderão por 20% da redução das emissões carbono, em todo mundo, até 2030.

Passo a passo para se tornar uma empresa sustentável

Vejamos, agora, um passo a passo para tonar sua empresa sustentável.

Adote documentação eletrônica

Embora já seja uma prática amplamente empregada na área de tecnologia da informação, vale lembrar da necessidade de adoção da chamada documentação eletrônica. Nesse sentido, não podemos nos esquecer que o papel é um dos grandes vilões na contra o aquecimento global.

A produção de celulose demanda madeira – matéria-prima que nem sempre é extraída de maneira legal. Isto é, o consumo de papel, em muitos casos, advém do desmatamento de reservas florestais.

Reduza o consumo de água e energia

A redução do consumo de água e energia é mais uma prática de sustentabilidade a ser adotada. Nesse caso, além de ecologicamente correta, a empresa estará gastando menos.

E, para ser efetivo nessa mudança de hábito em seu negócio, vejamos algumas medias que podem ser adotas:

· Dê preferência a estruturas em nuvem ao invés de servidores dedicados, que demandam consumo de energia;

· Substitua lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED na sede da empresa;

· Faça manutenções periódicas nas instalações elétricas da sede da empresa, já que na observância de qualquer problema, a rede pode estar perdendo eficiência na distribuição de energia;

· Crie campanhas de conscientização dirigidas a seus funcionários a respeito do uso consciente de água e energia elétrica.

Adote a prática da reciclagem

A coleta seletiva tem por objetivo diminuir os impactos do descarte de resíduos sólidos. Desde que separado, o lixo pode ser direcionado para serviços de reciclagem, que estão presentes na maioria das grandes e médias cidades do país.

Na sede de sua empresa, é relativamente simples proceder com a separação, que pode ocorrer em lixeiras segmentadas por tipos de material, como vidro, plástico, metal e orgânicos. Dessa forma, os próprios funcionários e frequentadores já descartarão os resíduos em separado, facilitando o trabalho de quem trabalha na limpeza.

Escolha os fornecedores certos

A sustentabilidade é algo que se consolidará somente quando a maior parte das empresas estruturar seus modelos de negócios para operar a partir dessa perspectiva. Quem já está na vanguarda desse movimento deve trabalhar ativamente para influenciar o ambiente de negócios do qual faz parte.

Ao contratar fornecedores e demais parceiros, por exemplo, é válido privilegiar empresas que também adotam práticas sustentáveis. Dessa forma, cria-se um ciclo virtuoso no qual a maior parte das organizações se sinta incentivada a também ser sustentável.

Quer saber mais? Baixe nosso e-book Benefícios de ser uma empresa sustentável e conheça mais sobre a sustentabilidade empresarial!